IRS 2017



O Estado permite que 0,5% do IRS reverta a favor da PSOPortugal.
Assinale a marca das IPSS e preencha o nosso NIPC: 507 176 332.
Não custa nada! Obrigado!

Regime excecional de comparticipação específico a 100%

para os medicamentos Metotrexato e Leflunomida

A Portaria n.º 141/2017 de 18 de abril do Diário da República n.º 76/2017, Série I de 2017-04-18, determina que os medicamentos destinados ao tratamento de doentes com artrite reumatoide, artrite idiopática juvenil, artrite psoriática e espondiloartrites podem beneficiar de um regime excecional de comparticipação a 100 %. É revogado o Despacho n.º 14123/2009

Catarinalândia

Peça já o seu exemplar grátis! Clique aqui


Assembleia Geral Ordinária - 11 de março de 2017



PSOPortugal – atividades realizadas em 2016


Medicamentos Biossimilares

A Comissão Europeia publicou recentemente uma atualização à documentação sobre os medicamentos biossimilares dirigida aos doentes. O documento do tipo Perguntas & Respostas pode ser acedido através deste link:

http://ec.europa.eu/DocsRoom/documents/20961/attachments/1/translations/pt/renditions/native


Programa A Cuidar da Sua Pele



Este programa resulta de um protocolo assinado entre a PSOPortugal e a Associação Nacional de Farmácias (ANF).

No âmbito deste Programa, será atribuído a cada associado da PSOPortugal um desconto na aquisição dos auxiliares terapêuticos que constam da tabela de comparticipação especial, em anexo, elaborada e disponibilizada pela PSOPortugal.

Os produtos da tabela de comparticipação serão dispensados pelas Farmácias da ANF ao beneficiário da PSOPortugal que apresente o seu Cartão de Sócio da PSOPortugal válido.

Clique para abrir a tabela de comparticipações

Candidatos com psoríase excluídos no acesso à PSP, GNR e Forças Armadas

O Ministério da Administração Interna vai alterar a tabela de inaptidões no acesso à PSP, que excluí candidatos com Psoríase. Confrontado pela RTP, com várias denúncias de homens e mulheres que se dizem discriminados, o Ministério admite rever a tabela.

Reportagem RTP 29/5

ASSEMBLEIA- GERAL PSOPortugal

CONVOCATÓRIA

Nos termos do disposto na alínea d) do artigo 11º dos Estatutos da PSOPortugal-Associação Portuguesa da Psoríase, convoco a Assembleia-geral Ordinária, para reunir no dia 12 de Março de 2016, pelas 10:30 na sede da PSOPortugal sita na Rua Alberto de Sousa, loja 6, 1600-002 Lisboa, com a seguinte ordem de trabalhos:

1. Apresentação, discussão e votação do Relatório e Contas de 2015
2. Apresentação, discussão e votação do parecer do Conselho Fiscal
3. Outros assuntos de interesse para Associação

No caso de à hora marcada não se encontrarem reunidas as condições previstas na alínea i) do artigo 11º dos Estatutos da Associação Portuguesa da Psoríase, a Assembleia reunirá uma hora depois com qualquer número de associados.


Lisboa, 10 de Fevereiro de 2016


O Presidente da Mesa da Assembleia Geral
Vítor Manuel Cristovam Baião

11º Encontro Nacional da PSOPortugal

Integrado nas comemorações do Dia Mundial da Psoríase realizou-se no passado dia 10 de Outubro sob o lema “Esperança. Acão. Mudança.” o 11º Encontro Nacional da PSOPortugal. Contámos com a participação de muitos dos nossos associados e acompanhantes.

No decorrer do encontro realizámos duas Assembleias Gerais, uma extraordinária onde aprovámos a alteração dos Estatutos da PSOPortugal, de modo a mantermos a nossa classificação de IPSS, e uma Ordinária onde elegemos os Órgãos Sociais para os próximos 4 anos, uma exigência dos novos estatutos das IPSS, e aprovámos o plano de atividades e orçamento para 2016.

Agradecemos a presença e a participação dos oradores Dr. Paulo Ferreira e Dr. Hugo Oliveira, bem como do nosso fundador e primeiro presidente João Cunha e dos nossos parceiros da indústria farmacêutica que tornaram possível este evento, nomeadamente: AbbVie, Bioderma, Biolotus, Edol, ISDIN, Janssen, Leo Pharma, Novartis e Pfizer.

Obrigado a todos!
A Direção da PsoPortugal

11º Encontro Nacional da PSOPortugal



Jantar Solidário

No âmbito da comemoração dos 10 Anos da PSOPortugal – Associação Portuguesa de Psoríase – realizou-se no passado dia 28 de Maio um jantar de celebração do aniversário da associação, onde se promoveu a discussão do reconhecimento da psoríase como doença crónica.

Estiveram presentes a Sub-diretora Geral de Saúde, Graça Freitas, o Presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo, o Presidente do Distrito Médico de Lisboa Cidade da Ordem dos Médicos, Carlos Silva Santos, e a Deputada do PCP, Paula Santos, da Comissão Parlamentar de Saúde , bem como médicos dermatologistas convidados do Dr Paulo Ferreira e muitos associados e amigos da PSOPortugal.

Esta iniciativa visou “promover a necessidade de reconhecer a psoríase como doença crónica e dar assim seguimento à resolução de 2014 da Organização Mundial de Saúde, assinada por vários países europeus entre eles Portugal, e que visa garantir o compromisso dos países signatários com a execução deste reconhecimento”, referiu João Vaz Martins, Presidente da PSOPortugal, que acrescentou: “Este é o primeiro passo na busca deste nosso objetivo e achámos que seria perfeito aliá-lo com a celebração, em simultâneo, dos 10 anos da nossa associação”.


Documento informativo sobre Biossimilares


Iniciativa leva a Saúde aos Centros Comerciais

Próximo local: Dolce Vita Porto

Datas: 14, 15, 16 e 17 de Maio


ADALIMUMAB RECEBE APROVAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA

PARA TRATAMENTO DA PSORÍASE CRÓNICA EM PLACAS, GRAVE, EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES

– Adalimumab é o único medicamento biológico aprovado na Europa no tratamento de psoríase crónica em placas, grave, em crianças e adolescentes a partir dos quatro anos de idade –

A AbbVie recebeu no dia 26 de março de 2015 a autorização de introdução no mercado da Comissão Europeia (CE) para adalimumab no tratamento de psoríase crónica em placas grave em crianças e adolescentes a partir dos quatro anos de idade que não tiveram uma resposta adequada ou quando não são candidatos a tratamentos tópicos ou fototerapia. Com a decisão da CE adalimumab está agora aprovado em todos os estados-membro da União Europeia, para administração em doentes com esta indicação.

“Alguns tratamentos demonstraram ser efetivos nos subgrupos de doentes com psoríase pediátrica. Contudo, apenas um pequeno número de dados está disponível. A aprovação de adalimumab é um importante marco, em particular para as crianças e adolescentes com psoríase crónica em placas grave, dado que aumenta substancialmente as opções terapêuticas dos médicos que diariamente lidam com este problema, tendo em vista a redução do impacto desta doença crónica nesta população jovem e sensível”, afirma Marieke M.B. Seyger, MD, PhD, professora adjunta de Dermatologia no Radboud University Medical Center em Nijmegen, Holanda.

CONSULTE SEMPRE O SEU DERMATOLOGISTA


Iniciativa leva a Saúde aos Centros Comerciais

Próximo local: Dolce Vita Monumental - Saldanha, Lisboa

Datas: 16, 17, 18 e 19 de Abril

Lançada em Janeiro no Dolce Vita Tejo e em Março no Dolce Vita Coimbra, a iniciativa Saúde para Todos é um projeto que junta quatro associações na área das doenças inflamatórias – Associação Nacional de Doentes com Artrite Reumatóide, a Associação Nacional de Espondilite Anquilosante, a Associação Portuguesa de Doença Inflamatória do Intestino e a Associação Portuguesa de Psoríase. Com o objetivo de envolver os visitantes dos Centros Comerciais será fornecida informação sobre cada uma das doenças inflamatórias e sobre o impacto que os medicamentos inovadores têm na vida das pessoas que delas sofrem. Para isso vão estar no local, de forma permanente, responsáveis de cada uma das associações representadas.

No espaço, que pretende ser dinâmico e interativo, os visitantes podem ver vídeos explicativos sobre o impacto que as doenças inflamatórias têm na vida dos doentes e o papel fundamental que a inovação científica tem no atenuar deste impacto.


PSOPortugal apoia o QualityCare



Manifesto pela Psoríase


Suspeita de medicamentos contrafeitos

As autoridades alemãs (BfArM/Paul-Ehrlich-Institute) reportaram a suspeita de contrafacção dos seguintes lotes de medicamentos:

Remicade 100mg (Infliximab), 100 mg, pó para concentrado para solução para perfusão, frasco para injectáveis
- lote n.º 3RMA66501, com a validade 06/2016.

Humira, adalimumab, solução injetável, 40mg/0,8 ml
- lote 27377XH08, com a validade 02/2015
- lote 31408XH02, com a validade 06/2015
- lote 32419XD05, com a validade 07/2015

Apesar de não ter sido detectada a existência destes lotes de medicamentos em Portugal, o Infarmed recomenda que:
- as entidades que tenham adquirido este lote de medicamento não procedam à sua venda, dispensa ou administração, devendo comunicar de imediato ao Infarmed;
- os utentes que disponham de medicamentos deste lote não os utilizem, devendo entregar as embalagens em causa na farmácia para posterior destruição.

Para mais informação contacte:
Centro de Informação do Medicamento e dos Produtos de Saúde (CIMI)
Telefone 217987373
Linha do Medicamento: 800 222 444


Resolução histórica da Organização Mundial da Saúde

A Organização Mundial da Saúde, OMS, aprovou no final de Maio uma resolução histórica para combater o estigma sofrido pelas pessoas com psoríase, uma doença crónica que afeta mais de 125 milhões de pessoas em todo o mundo. É a primeira vez que uma resolução independente sobre psoríase esteve na agenda da Assembleia Mundial de Saúde.

A resolução reconhece que a psoríase pode apresentar sérias implicações físicas e psicossociais para o paciente. O objetivo da OMS com essa ação é promover a desestigmatização da doença por meio do aumento do conhecimento sobre ela para a população. O documento contém uma série de pontos que visam melhorar a qualidade de vida das pessoas que sofrem com a psoríase em todo o mundo.

Esta resolução da OMS é um marco para os doentes com psoríase, um desenvolvimento inovador, que é um sinal claro de que a doença finalmente avançou no foco da saúde internacional.

Do ponto de vista prático, a resolução encoraja os 194 países signatários da OMS a tomar decisões para combater o estigma que muitas vezes está associado a esta doença crónica.

Espera-se que esta resolução ajude a preencher as lacunas na pesquisa sobre psoríase e pavimentar o caminho para uma melhor qualidade de vida para os pacientes com psoríase. Estamos ansiosos para ver o impacto positivo desta resolução no futuro”, comenta Gladis Lima da Psoríase Brasil, associação nacional dos portadores de psoríase.

Adicionalmente, a resolução estabelece que a OMS entregue um relatório global sobre psoríase em 2015. O relatório incluirá a incidência e predominância da doença e identificará abordagens bem sucedidas para integrar seu tratamento nos serviços existentes.


Artrite psoriática com nova terapia

Primeiro tratamento oral para a doença foi aprovado pelo regulador de saúde dos EUA

A Food and Drug Administration (FDA), entidade que regula a comercialização de fármacos nos Estados Unidos da América, aprovou recentemente a comercialização da primeira terapia oral para doentes com artrite psoriática.

Para além do Apremilast ser o primeiro tratamento cuja administração é feita por via oral, apresenta um novo mecanismo de ação, sendo o primeiro inibidor seletivo da fosfodiesterase 4.

Esta é uma enzima que desempenha um papel fundamental na amplificação do processo inflamatório na artrite psoriática. Até agora, os fármacos desta classe (biológicos) eram administrados sob a forma injetável e requeriam uma monitorização rigorosa do paciente. O novo medicamento vem simplificar o tratamento, apresentando-se como uma alternativa mais segura e eficaz, sem necessidade de controlo médico apertado.

A quem se destina
A aprovação foi baseada nos resultados de segurança e eficácia obtidos através de estudos realizados em pacientes adultos com artrite psoriática que não estava adequadamente controlada por fármacos modificadores da doença (DMARDs) e/ou biológicos.

O que se segue
Estudos já realizados demonstram que o fármaco oferece melhorias na condição da pele, unhas e couro cabeludo de pacientes com psoríase vulgar (em placas) moderada a severa, uma doença crónica da pele. Os cientistas esperam, no futuro, obter aprovação para o uso também nesta patologia.

Em Portugal
Calcula-se que, ao longo do ano de 2015, o fármaco obtenha aprovação nos países europeus, nomeadamente em Portugal.


Tomada de posse dos Orgãos Sociais da PSOPortugal 2014-2015